Quero que sejas Feliz!

Ontem, uma noite inesperadamente agradável, com vista privilegiada sobre o rio, tango e ambiente familiar de amigos, tive daqueles momentos que ficam para sempre na memória do coração. Uma longa conversa com um querido amigo de longa data, intercalada com tango e temperada com Porto e muitas emoções.
Uma conversa sobre a vida. As verdadeiras amizades são assim, não precisamos estar diariamente lá, apenas quando necessário. E assim tem sido esta amizade, alguém que me acompanha nos momentos de grande felicidade como tantos Verões no Sul do país e nos momentos de ponto de viragem da vida.
O universo tem destas curiosidades, basta estarmos atentos. Envia-nos sempre quem precisamos e faz as coisas fazerem ainda mais sentido, se dúvidas houvessem. Sou muito grata por ter pessoas que estimo verdadeiramente e de grande valor humano.
Numa das fases mais desafiantes da minha vida: no dia em que fui dispensada da empresa, num despedimento colectivo, estavas lá. Num acaso que a vida nos juntou para te entregar umas chaves. No teu abraço, libertei a tensão e medo em forma de lágrimas e senti um colo familiar que ainda hoje agradeço esta bela sincronicidade da vida te trazer a mim naquele dia, naquela hora (tinha acabado de receber a notícia). Almoçámos, e conseguiste transformar o fardo que sentia numa leveza que me fez de imediato sonhar. Acreditaste em mim, relevaste o meu potencial. Viste a oportunidade no lugar da perda. Transmitiste aquelas palavras encorajadoras que nos dão alento e força para continuar. Este dia ficou para sempre guardado em mim. Foi um dia emocionalmente muito forte e o princípio de algo maravilhoso. Algo que há muito desejava mas cujo impacto foi forte e inesperado. Quando aconteceu, por momentos o chão desapareceu e senti-me em queda livre. 

Também ontem estavas lá, cinco anos depois. Num dia em que, mais uma vez, a minha vida está num ponto de viragem, quer pessoal, quer profissional. Desta vez, as lágrimas não tiveram o papel principal. Gargalhamos muito e partilhámos experiências e sentires. Como são preciosas as verdadeiras amizades…
Partilhámos a nossa visão da vida. Falámos de sonhos realizados e por realizar, de relações e do amor. No fim, ficou que: nunca é tarde para dar vida aos sonhos e fazer o que aumenta o coração; e que amor tem como palavra chave: compromisso. É uma decisão que se toma. Assumir junto de quem escolhemos, viver toda uma mescla de sentimentos que existem, desde a paixão, desamor, alegria, tristeza, dor, esperança, raiva, amor, compaixão… É estar lá, lado a lado, em todas as variantes emocionais. É entender o que é ser humano e sê-lo, com honestidade e autenticidade, na sua plenitude.
O segredo é assumir (sempre), em primeiro lugar, o compromisso connosco próprios de nos bastarmos nessa felicidade, ou seja, de procurarmos dentro de nós  o que comummente se procura nos outros. É sermos felizes sozinhos para assim podermos ser genuinamente com os outros. Parece cliché mas é autêntico e isto distingue as relações sólidas de todas as outras. Quando assumimos a responsabilidade da nossa felicidade deixamos de permitir a existência de pessoas que nos retiram paz e valor. As relações devem somar e não subtrair.
Grata, querido Rui, por seres quem és, por estares tão longe e tão perto. Acima de tudo, por estares presente nos pontos de viragem tão significativos da minha vida. Talvez também esteja na tua. Recordo que quando te entreguei as chaves ias de lua de mel e agora a paternidade. 🙂
Grata à vida, por me mostrar a cada dia a sua sabedoria e mestria de que tudo acontece no espaço e tempo perfeitos e que é só quando nos tiram o chão que aprendemos a voar. Está na hora de seguir novos rumos. Descobrir novos mundos.

Só por hoje, sou Feliz e desejo que também tu sejas Feliz.

Diana Feliz (118 Posts)

Diana Feliz, Terapeuta e Mestre de Reiki e Karuna. Professora de Yoga na Associação de Yoga Integral de Portugal. Fundadora do projeto SERFeliz, um projeto que nasce do coração. É lá que encontramos a nossa felicidade. Tem como pilares principais as técnicas e ensinamentos de dois métodos complementares: o Reiki e o Yoga, para inspirar pessoas a viver vidas mais felizes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *