Verdade ou crença?

preparado

Num destes dias, em convívio familiar, no contexto da conversa, ouviu-se um “cada um acredita no que quer” ironizado. Falava-se de Reiki. No caso, do resultado dos tratamentos feitos a um membro canino da família. 🙂
Não me pronunciei. Longe de querer ofuscar alguém com aquilo que “eu acredito” ser verdade, e cada vez mais perto de aceitar e respeitar os timings individuais (para tudo), remeti-me ao silêncio e paz interior.
Publico aqui este pensamento em forma de partilha por acreditar que situações destas acontecem constantemente. Refiro-me a querermos levar o Bem e o que conhecemos fazer melhor e encontrarmos paredes no lugar de portas, empurrões em vez de uma mão a dar.  Claro que não temos todos que gostar do amarelo mas sem ver outras cores, como podemos conhecer o arco-irís?
Pensemos no seguinte: por acaso alguém “acredita” que a lei da gravidade só se aplica à Inglaterra pelo facto de Isaac Newton ser inglês ou que a teoria da relatividade de Einstein só se verifica na Alemanhã?
Da mesma forma, eu, convicta de que os benefícios e conhecimentos adquiridos através do Reiki e do Yoga, chegam a TODOS que vivem neste planeta, pois não escolhem as pessoas pela sua idade, religião, sexo ou tradição cultural. Os princípios do Reiki e do Yoga não estão limitados pelo tempo nem pelo espaço, podem sim, estar interditos a mentes limitadas independentemente do tempo e do espaço.
Se é preciso acreditar? Não. Mas é fundamental estar recetivo, predisposto a receber, no caso em questão, a ouvir.
Alguém consegue encher um copo que já está cheio? Eu não…
Continuarei no meu silêncio de paz interior com a consciência de que todos temos o próprio tempo evolutivo (que deve ser respeitado). Todos o temos e ninguém é exceção.
Prossigo a minha caminhada de eterna aprendiz com a consciência de que há galáxias de universos por conhecer.

Só por hoje, sou bondosa <3
Nasmaste

Diana Feliz (148 Posts)

Diana Feliz, Terapeuta e Mestre de Reiki e Karuna. Professora de Yoga na Associação de Yoga Integral de Portugal. Fundadora do projeto SERFeliz, um projeto que nasce do coração. É lá que encontramos a nossa felicidade. Tem como pilares principais as técnicas e ensinamentos de dois métodos complementares: o Reiki e o Yoga, para inspirar pessoas a viver vidas mais felizes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *