O nosso Retiro Yoga & Zen

Cansada mas de coração CHEIO! 🙂

Foi com muito amor que demos vida ao Retiro Yoga & Zen.

Foram três dias de imersão no conhecimento e prática das filosofias do Yoga e Zen, numa Quinta rodeada de pura natureza e inspirada em Bali, plena de boa energia.

O trabalho desenvolvido teve como intenção contribuir para transformar consciências e despertar corações.

À semelhança do Tao do Taoísmo, optámos pelo caminho do meio vivendo dias plenos de equilíbrio, entre práticas, transmissão do conhecimento das filosofias de vida yoga e zen, meditação, contemplação, convívio, quietude, caminhadas; sem nunca faltar a boa disposição! 🙂

Grata aos participantes do Retiro pela entrega, participação e partilhas. O grupo foi formidável, sempre unido e respeitador das diferenças singulares de cada um.

Grata, de coração, aos proprietários da Quinta, Nuno e Marina.

Cada um de nós, nas suas funções, empreendemos com todo o amor para que tudo resultasse da melhor forma.

E assim foi. 🙂

Gratidão _/|\_

Até breve! 🙂

‘Cada um de vocês

é perfeito do jeito que é.

E todos podem 

se aprimorar um pouco.’ 

Suzuki Roshi

 

NOTA: Vê mais fotos nas redes sociais (vais adorar):

FB: SERFeliz- Reiki & Yoga

Instagram: serfeliz_reiki_yoga

Diana Feliz (160 Posts)

Diana Feliz, Terapeuta e Mestre de Reiki e Karuna. Professora de Yoga na Associação de Yoga Integral de Portugal. Fundadora do projeto SERFeliz, um projeto que nasce do coração. É lá que encontramos a nossa felicidade. Tem como pilares principais as técnicas e ensinamentos de dois métodos complementares: o Reiki e o Yoga, para inspirar pessoas a viver vidas mais felizes.


6 thoughts on “O nosso Retiro Yoga & Zen

  1. Ana Raquel Moreira

    Boa noite, Diana.
    Gostaria de saber se pretendem repetir o retiro que realizaram este fim de semana. Gostaria bastante de participar.
    Muito obrigada.
    Cumprimentos
    Ana Raquel Moreira

  2. Margarida Vaz

    Retiro Yoga e Zen (Mafra) – Como me senti quando regressei do retiro.

    “Deixei o meu testemunho daquilo que vivi durante o retiro e acho importante partilhar o que mudou depois de regressar ao meu quotidiano.
    O retiro fez sentido para mim porque sentia necessidade de “parar” e porque precisava de ajuda. Havia e continua a haver, aspectos em mim a melhorar, a mudar, a rever; comportamentos ou atitudes de mim para mim e de mim para os outros que preciso de mudar e deixar. Fui para o retiro (também) porque precisava de ajuda, há aspectos que doem e são recorrentes em mim. Durante o tempo em que estive no retiro, procurei encontrar-me com os aspectos de dor e foi muito interessante porque , naturalmente foram surgindo, eles próprios vieram ter comigo, foram-me revelados. Lidei com eles e ao percebê-los em mim, libertei-me mais.
    Quando regressei a casa senti-me diferente e ao meu redor encontrei diferenças também. Posso dizer-vos sem reservas que me vi e senti mais tolerante, mais paciente, mais “ouvinte”, a relação com as minhas filhas e marido MUDOU, porque eu MUDEI. Quase que diria que houve Magia. Acreditem que é muito bom propor-mo-nos a enfrentar os nossos “fantasmas”, as nossas fragilidades e falhas.
    Uma vez mais, um sincero obrigada.
    Margarida Vaz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *