CHAKRA DA RAIZ (ou Chakra Básico) – 1º Centro Energético

raiz

 

Porquê separarmos a nossa vida espiritual da nossa vida prática? Para um ser integral, essa distinção não existe.

LAO TZU

Os nossos centros de energia (chakras) trabalham de forma subtil e invisível ao olho físico, no entanto, afetam cada aspeto da nossa vida, exercendo um papel determinante na nossa vitalidade e bem-estar. Este artigo fala do 1º chakra – o chakra Raiz.

NOME Muladhara
LOCALIZAÇÃO Base da coluna vertebral (períneo)
GLÂNDULAS ENDÓCRINAS Supra-renais
CORPO ÁURICO Etérico e físico
COR Vermelho
ELEMENTO Terra
EM EQUILÍBRIO Pureza, esperança, alegria, autodisciplina, determinação, estabilidade, constância, harmonia, integração, integridade, responsabilidade, perfeição, alimentação, auto-estima, ligação à terra/mundo físico, otimismo, valorização do corpo, equilíbrio material/espiritual, prosperidade, resiliência, vitalidade sexual
EM DESEQUILÍBRIO Desencorajamento, falta de fé, impureza, caos, idolatria, fragilidade, apego, materialismo, instabilidade, vícios, culpa, vergonha, impaciência, raiva, tensão, violência;fadiga, anemia, excesso de peso, pressão baixa, rins, coluna vertebral, ossos, dentes, intestino grosso, ânus, reto, próstata

Tab. 1 – Especificidades do Chakra Raiz

 

O chakra raiz situa-se na base da coluna vertebral (períneo), entre a parte genitália e o ânus, na linha da cintura pélvica. O vórtice deste chakra é aberto para baixo e representa a ligação do ser humano à Terra, à mãe natureza, simbolizando a união do material e físico. Determina a nossa condição física e vontade de viver.

O chakra raiz está diretamente relacionado com o nosso instinto de sobrevivência, com tudo o que é material, sólido e corporal, inclusivamente com os nossos desejos de viver no mundo físico. Este chakra está ligado aos recursos económicos e materiais – trabalho, emprego, casa, alimentação, gestão do dinheiro, luta pelos ideais, concretização de sonhos e objetivos.

Quando funciona em equilíbrio, os nadis das pernas são bem irrigados, proporciona alegria de viver e confiança na vida, aumentando a nossa vitalidade e energia física, permitindo-nos viver com determinação e constância. Sentimo-nos enraizados. Reconhecimento dos aspetos positivos da mudança, apreciar o novo e integrá-lo no quotidiano, tolerância, abdicar do que já não faz falta, compreender fracassos e rejeições como partes integrantes do caminho, pensamentos construtivos e boa nutrição, são algumas das suas funções (Hosak & Lubeck, 2010).

Órgãos e funções: Ossos, formação de células novas, vasos sanguíneos, formação e vitalidade do sangue; dentes; glândulas supra-renais; coluna vertebral inferior e pernas, intestino grosso, reto e ânus. O seu centro físico corresponde às glândulas supra-renais que produzem a gestão da adrenalina, atuando a nível da circulação e temperatura corporal.

Bloqueios no seu funcionamento: a pessoa sente-se fraca, pouco estável, insegura, autocrítica, sujeita a diferentes perturbações, podendo produzir, fisicamente, anemia de ferro, ou seja, provocar anemia, leucemia, problemas de circulação, pressão baixa, fraca tonicidade muscular, fadiga, insuficiência renal ou excesso de peso.

Atitudes mentais: Pacifismo extremo; medo existencial; agressão excessiva; medo da morte; problemas de gestão e planeamento de tempo; impaciência; dependência.

PREVENÇÃO/TRATAMENTO

Existem vários métodos eficazes no tratamento profilático e curativo dos chakras. Tanto os tratamentos de Reiki como a prática regular de Yoga visam a homeostase do organismo nas suas diferentes componentes: física, mental, emocional e espiritual, promovendo o equilíbrio e harmonização energética, dissolvendo, assim, os bloqueios que podem dar origem a mau-estar e/ou doença. Da minha experiência, tanto o Reiki como o Yoga, são dois métodos complementares altamente eficazes. Ambos têm como base a meditação e a concentração, levando-nos a uma tomada de consciência de nós e de tudo o que nos rodeia.

CHAKRA ORGÃOS DISFUNÇÕES MENTAIS/EMOCIONAIS DISFUNÇÕES FÍSICAS
Raiz Apoio do corpo físicoBase da coluna

Pernas, ossosPésReto

Sistema imunitário

Segurança e protecção física da família e do grupo

Capacidade de prover às necessidades da vida

Capacidade de se afirmar por si só

Sentir-se em casa

Lei e ordem sociais e familiares

Dor crónica na zona lombarCiáticaVarizesTumores/cancro Retais

Depressão

Perturbações do sistema imunitário

Tab. 1.2  – Anatomia Energética (Tabela In Anatomia do Espírito by Caroline Myss- p.116/117)

 

Bibliografia:

CARLI, D. J. (2010). Reiki: Manual de Terapeuta Profissional. 1ª Edição. Lisboa. Dinalivro.

HOSAK, M. & LUBECK, W. (2004). O Grande Livro de Símbolos do Reiki – A Tradição Espiritual dos Símbolos e Mantras do Sistema Usui de Cura Natural. São Paulo. Pensamento.

MYSS, C. (2004). Anatomia do Espírito – As Sete Fases do Poder e da Cura. Lisboa, Sinais de Fogo.

Diana Feliz (146 Posts)

Diana Feliz, Terapeuta e Mestre de Reiki e Karuna. Professora de Yoga na Associação de Yoga Integral de Portugal. Fundadora do projeto SERFeliz, um projeto que nasce do coração. É lá que encontramos a nossa felicidade. Tem como pilares principais as técnicas e ensinamentos de dois métodos complementares: o Reiki e o Yoga, para inspirar pessoas a viver vidas mais felizes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *