Reiki & Yoga: No caminho, Sê Feliz

process

“Do your practice and all is coming” – K. Pattabhi Jois

“Aprecia o caminho”, “consciência na respiração” “concentra a tua atenção no momento presente”, “sente-te e desfruta”, são alguns sinónimos que costumo dizer nas aulas de Yoga e cursos de Reiki. É muito frequente alunos e pacientes procurarem-me porque precisam rapidamente de alcançar os seus objetivos. Estes, são diversos: reduzir ansiedade, controlar fobias, eliminar dores físicas, encontrar um sentido para a vida (ser feliz), ser mais tolerante, ser mais bondoso, ativar todo o seu potencial, etc. É muito interessante constatar que, ao fim de poucas consultas/aulas, as pessoas já redirecionaram o seu foco de atenção da meta para o caminho. Geralmente, na segunda consulta o discurso da pessoa muitas vezes nem menciona o motivo que a fez iniciar a terapia. Este desviar de foco é o que permite à energia atuar na causa da questão primária.

Nas aulas de Yoga, começam a integrar que o importante não é a perfeição do Asana (postura psico-física) mas os benefícios que retiram do mesmo, executando-o com consciência e atenção plena. Deixam de se interessar se o colega do lado chega com as mãos aos pés e passam a desfrutar da prática com total atenção sobre si. Passam a vivenciar o Yoga.
No Yoga não há comparação nem competição. No Yoga aprendemos a apreciar o caminho ao invés de nos deixarmos invadir pelo desejo desenfreado de chegar à perfeição. Começamos a conhecer as nossas potencialidades e limites, passando a respeitar o corpo e tomar consciência de tudo o que faz parte de nós (pensamentos, emoções, …). Isto, sim, é praticar Yoga, caso contrário, estaríamos apenas a realizar posturas físicas com maior ou menor flexibilidade.  Com a prática vamos aflorando o conhecimento do nosso eu, da nossa essência (união consigo próprio) num processo  de constante equilíbrio entre os aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais. O passo que se segue é levar esta consciência de respeito e aceitação de si para o dia-a-dia, na interação com tudo o que nos rodeia (união com o absoluto).

No Reiki, é fundamental a capacidade de esvaziar o nosso copo. Quer isto dizer que devemos despir-nos dos nossos dogmas, crenças e moldes para podermos receber o que de melhor a energia nos reserva. Saber deixar ir, é importante. Só assim podemos receber o novo, deixando ir o velho. Se tiver o copo cheio, não cabe lá mais nada. Esta atitude Kokoro – mente limpa e coração predisposto – é um grande desafio. Para uns, alcançado com algum tempo de prática, para outros, um sonho com muitos anos. Este esvaziamento requer humildade, desapego e entrega, três condições muito difíceis de vivenciar. É que podemos enganar-nos a nós mesmos, fingindo senti-las com séria convicção, podemos até enganar os outros mas ninguém consegue enganar a energia Reiki e o retorno é sempre em função da nossa dedicação e merecimento.

A verdade é o caminho, a felicidade a consequência. 

Curioso, para alguns. Matemático, para outros. No momento em que deixam de se esforçar tanto para almejar as suas metas, seja o forte desejo de executar um perfeito paschimottanasana ou sentir fisicamente a energia e vê-la em forma de cores e imagens; e passam a viver o momento, apreciando cada etapa e reconhecendo cada aprendizagem. Aqui, a magia começa a acontecer e as metas são surpreendentemente superadas, sem desejo, sem obsessão mas com entendimento e aceitação. Acima de tudo, com amor… É aqui que aprendemos a viver de dentro para fora, é aqui que permitimos que o Reiki e o Yoga nos transformem. Nem tudo correrá sempre como desejado mas isso deixa de ser um problema impossível de resolver e passa apenas a ser um desafio para solucionar. Quando vivemos em estado pleno de amor e paz, a vida assume cores e contornos até então invisíveis que nos fazem usar o que temos dentro de nós ao invés de procurarmos incessantemente no exterior. Ao apaixonarmo-nos pelo processo – pela vida – permitimos que ela se apaixone por nós e nos presenteie com o de melhor tem.

“Fall in love with the process and the results will come” é autêntico mas tem de ser genuíno. 

Diana Feliz (140 Posts)

Diana Feliz, Terapeuta e Mestre de Reiki e Karuna. Professora de Yoga na Associação de Yoga Integral de Portugal. Fundadora do projeto SERFeliz, um projeto que nasce do coração. É lá que encontramos a nossa felicidade. Tem como pilares principais as técnicas e ensinamentos de dois métodos complementares: o Reiki e o Yoga, para inspirar pessoas a viver vidas mais felizes.


2 thoughts on “Reiki & Yoga: No caminho, Sê Feliz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *